Congresso - XIII Congresso Brasileiro de Estomaterapia



Convite especial da Presidente da SOBEST
 

Convite especial da Coordenadora do Departamento de Desenvolvimento Profissional da SOBEST

Convite especial da Gerente da SOBEST​​
 



Projeto Comercial

 

MENSAGEM DA PRESIDENTE

Foz do Iguaçu! Cidade que abriga uma das maravilhas do mundo, as Cataratas! Lugar sem igual, onde o movimento constante das águas nos faz refletir sobre a necessidade e importância do movimento, fonte de energia e encantos, transformação e beleza. Destino de milhares de pessoas que viajam ate Foz para encontrar tudo isso!

Por estas razões o XIII Congresso Brasileiro de Estomaterapia será realizado no Recanto das Cataratas em Foz do Iguaçu, no sul do nosso imenso Brasil, oportunidade em que se pretende ampliar as discussões sobre as práticas avançadas em Estomaterapia, empreendedorismo na área, incontinências e assistência as pessoas com feridas de diferentes etiologias e estomias, bem como a ética na especialidade e as políticas públicas e de formação relacionadas a especialidade.

Além desse amplo espaço para o conhecimento científico, o CBE pretende ser um importante momento de encontro dos pares, de trocas de experiências, saberes e principalmente de muita vida, em que os projetos para o futuro possam acontecerem tanto do ponto de vista pessoal, como institucional, de modo que a estomaterapia seja sempre um caminho de muitas possibilidades para todos os especialistas e principalmente de  união, porque juntos seremos sempre melhores!

Esperamos todos vocês em Foz de 27 a 30/10/2019


Profa Dra M Angela Boccara de Paula
Presidente do XII CBE

 

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

Inscrição de trabalhos científicos:

  • 27/08/2019 – prazo final para inscrição de resumos até 18h.
  • As inscrições serão por via eletrônica, no site do evento. 
  • Não serão aceitos resumos enviados por e-mail, aplicativos ou qualquer outra forma que não seja online via sistema de inscrições. 
  • O autor relator deverá estar inscrito no evento, cadastrado, no momento da submissão do trabalho. 
  • O autor que tiver o trabalho aprovado deverá efetivar o pagamento da inscrição, impreterivelmente até o dia 17/09/2019. A não observação deste período implicará em exclusão do trabalho da lista de apresentações e não será emitido certificado.
  • Palestrantes e convidados da comissão organizadora, isentos de pagamento da taxa inscrição,devem solicitar a isenção por e-mail: inscricoes@tribecaeventos.com.br  com 48h de antecedência da data de submissão.
  • O número de autores é ilimitado por trabalho, porém é limitada a participação da mesma pessoa como Relator em apenas 02 (dois) trabalhos na mesma modalidade e apenas 1 (um) trabalho na modalidade Prêmio Nei Semedo.
  • É vedada a participação de membros da comissão científico-avaliadora dos trabalhos para o Prêmio “Nei Semedo”.
  • Não será permitida a inclusão de novos autores depois de concluída a submissão.

 Critérios para envio de Resumos:

  • Conter até 500 palavras;
  • Conter Título, Introdução, Objetivo(s), Material e Método, Resultados e Conclusões. Deverá incluir, de 3 a 5 referências/bibliografia de acordo com as Normas de padronização bibliográfica de Vancouver.
  • Deverá conter descritores/palavras chaves (DeCS – Descritores em Ciências da Saúde/ MeSH – Medical Subject Headings) e entre elas a palavra ESTOMATERAPIA.
  • Quando a pesquisa envolver seres humanos ou animais é obrigatória a informação de autorização de Comitê de Ética da Instituição onde o estudo foi desenvolvido e/ou de instituição reconhecida, incluindo o número do processo e o comprovante digitalizado, deverá ser anexado em campo específico do sistema, por ocasião da submissão. Não serão aceitos comprovantes enviados posteriormente, por e-mail ou qualquer outra forma. Trabalhos que não observarem este item, não serão avaliados.
  • Todos os resumos recebidos serão avaliados por uma Comissão Científica composta de membros indicados pela Coordenação Científica do evento.
  • Não caberá recurso das decisões da Comissão Avaliadora 
  • Os avaliadores terão acesso aos resumos sem identificação de autoria ou instituição, portanto o resumo não poderá conter qualquer tipo de informação que permita a identificação. Resumos com qualquer tipo de identificação não serão avaliados.
  • O título original do trabalho deverá ser mantido desde a submissão até a apresentação. Alterações posteriores implicarão em desclassificação do trabalho.

 

 Áreas de submissão:

  • Estomias
  • Feridas
  • Incontinências
  • Desenvolvimento Profissional

 

Modalidades de Apresentação:

A comissão irá definir a forma de apresentação, de acordo com a qualidade do estudo, independente da opção assinalada pelo autor no momento da submissão. 

  1. Apresentação Oral  

A apresentação será realizada pelo autor relator, na forma oral com projeção multimídia. 

O trabalho deverá ser entregue no local do evento, mídia desk logo na chegada ao centro de eventos ou com antecedência mínima de 1h antes da apresentação. 

Caso haja impossibilidade de apresentação pelo autor relator, um dos coautores poderá apresentar o trabalho desde que comunicada a alteração com antecedência de 15 dias antes do evento à organização e o mesmo deverá estar inscrito no evento. 

O tempo para a apresentação será estabelecido pela comissão científica do evento e oportunamente informado no site do evento.

Todos os trabalhos serão avaliados durante a apresentação.

A comissão organizadora irá disponibilizar no site do evento, o template que deverá ser utilizado na apresentação.

  1. Pôster comentado: a apresentação será realizada pelo autor relator, na forma oral com projeção multimídia. Logo após a liberação dos resultados serão disponibilizadas as orientações do formato.

 

  1. Pôster: logo após a liberação dos resultados serão disponibilizadas as orientações do formato do pôster (eletrônico ou impresso), 

 

  1. Prêmio Nei Semedo  para concorrer ao prêmio, o trabalho deverá ser especialmente inscrito para esta modalidade, não podendo ser apresentado para outra, simultaneamente. Os interessados nesta modalidade deverão observar  Regulamento específico, descrito a seguir. Trabalhos que não atingirem a pontuação necessária para concorrer ao prêmio poderão ser reclassificados para outra modalidade de apresentação (oral, pôster ou  pôster comentado). 

O melhor trabalho inscrito na modalidade Prêmio Nei Semedo receberá premiação durante a solenidade de encerramento do Congresso. As orientações para apresentação serão disponibilizadas no site do evento, logo após a liberação da lista dos aprovados.

Premiação:

1º Lugar na modalidade Nei Semedo: R$ 5.000,00 (cinco mil reais)
1º Lugar na modalidade Apresentação Oral: R$ 2.000,00 (dois mil reais)
1º Lugar na modalidade Pôster Comentado: 01 inscrição num Simpósio, realizado pela SOBEST, no ano de 2020.
1º Lugar na modalidade Pôster: 01 inscrição em um curso da Academia SOBEST, no ano de 2020.

 

REGULAMENTO PRÊMIO NEI SEMEDO

A SOBEST – Associação Brasileira de Estomaterapia, sociedade científica, irá conceder a partir de 2015 um novo prêmio de incentivo e reconhecimento a quem produz ciência. O prêmio leva o nome Nei Semedo, como reconhecimento a este grande profissional, amigo e incentivador da Estomaterapia.

Além de ter atuado por muitos anos na área comercial de empresas referência do segmento, foi um apoiador incondicional dos congressos científicos organizados pela SOBEST.

Sua trajetória profissional foi marcada pelo fomento e estudo de novas tecnologias para o tratamento de feridas e cuidado especializado. Certamente “seus olhos brilhariam” com a participação de um enfermeiro estomaterapeuta brasileiro no World Council of Enterostomal Therapists (WCET), divulgando a Estomaterapia nacional e adquirindo conhecimento e boas práticas, para serem compartilhadas no Brasil.
Artigo 1º - Fica instituído, pela Associação Brasileira de Estomaterapia: Estomias, Feridas e Incontinências (SOBEST), o Prêmio Nei Semedo para o Melhor Trabalho Científico de Pesquisa apresentado no Congresso Brasileiro de Estomaterapia, com a seguinte regulamentação:

 DO PRÊMIO

Artigo 2º - O Prêmio Nei Semedo será outorgado ao trabalho de pesquisa que obtiver a maior pontuação/classificação entre os trabalhos inscritos nessa modalidade, por comissão julgadora instituída especificamente para essa avaliação.
Entende-se por trabalho de pesquisa aquele classificado como: ensaio clínico (randomizado e controlado ou não), coorte, caso-controle, experimental, quase experimental e observacional.

 

DOS PARTICIPANTES

Artigo 3º - Estarão habilitados a concorrer ao Prêmio Nei Semedo todos os enfermeiros que atenderem os seguintes requisitos:

I. Ser estomaterapeuta, ou seja, formado por curso reconhecido pela SOBEST/WCET.
II. Ser associado à SOBEST.
III. Inscrever o trabalho na categoria Prêmio Nei Semedo, respeitando o presente regulamento.
IV. Ter o trabalho selecionado para apresentação oral durante o CBE, na categoria Prêmio Nei Semedo, pela comissão julgadora.
V. Estar presente para apresentação oral do trabalho durante o CBE.
VI. Estar presente para recebimento do Prêmio Nei Semedo ao final do CBE.

§ único: Na impossibilidade da presença do autor inscrito para o Prêmio, pelo menos, um dos demais autores deverá substituí-lo.

Artigo 4o - É vedada a participação de membros da Comissão Julgadora e Organizadora do CBE, seus parentes ou afins, como concorrentes ao Prêmio Nei Semedo, na forma da Lei Civil.
§ único – Ao aceitarem compor a Comissão Julgadora, seus membros deverão assinar Declaração de Ausência de Conflitos de Interesses.

 

DA COMISSÃO JULGADORA

Artigo 5º - O processo de seleção do trabalho científico será realizado por Comissão Julgadora:

I – Os membros da Comissão Julgadora serão indicados pela Presidente do Conselho Científico da SOBEST e aprovados pela Diretoria, a cada CBE.
II – A Comissão Julgadora será composta de três membros titulados, associados à SOBEST com titulação mínima de doutor.

                                                           

DO PROCESSO DE SELEÇÃO

Artigo 6º - Para a avaliação dos trabalhos, a Comissão Julgadora utilizará os critérios que constam no Instrumento de Avaliação de Trabalho Científico da SOBEST.

I – A Comissão Avaliadora deverá avaliar cada trabalho apresentado, utilizando formulário individual e pontuando cada item contido no Instrumento de Avaliação.

II – Em caso de pontuações iguais entre dois ou mais trabalhos, caberá à Comissão Julgadora realizar o desempate. 
§ 2o - Não caberá recurso das decisões da Comissão Avaliadora.

 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Artigo 7º - Ao final de cada edição do Prêmio, a SOBEST deverá reavaliar os critérios, adequando-os às diretrizes estabelecidas, visando ao fortalecimento da qualidade da produção científica.

Artigo 8º - A falta do cumprimento de qualquer exigência para essa Premiação acarretará na automática eliminação do trabalho.

Artigo 9º - O candidato premiado não poderá se candidatar em edições posteriores.

Artigo 10º - O Prêmio objeto da presente deliberação terá caráter permanente.  
 

São Paulo, julho de 2019.

Atenciosamente,

Profª. Dra. Maria Angela Boccara de Paula                                                               
Presidente da SOBEST          

Ma. Sílvia Angélica Jorge

Vice-presidente da SOBEST

 

Divulgação dos resultados:

  • A relação dos resumos aprovados será publicada no site do evento.
  • Somente o autor principal  receberá o resultado por e-mail
  • O resultado também estará disponível na área reservada de cada autor, no sistema de inscrições. É de responsabilidade do autor,  acompanhar sua área reservada para verificação de resultados.
  • Na solenidade de encerramento serão anunciados os trabalhos que receberam a maior nota na avaliação.

 

Certificados:

  • O trabalho aprovado e apresentado no evento receberá 01 certificado com o nome do autor principal e o nome de todos os coautores cadastrados no momento da submissão.
  • Será fornecido 01 certificado de relator/apresentador ao autor que estiver cadastrado com esta atribuição no sistema de inscrição e participar do evento.
  • Os certificados não estarão disponíveis aos coautores, independentes de estarem cadastrados no sistema. É de responsabilidade do autor principal, emitir o certificado no sistema online e repassar aos coautores.
  • Todos os certificados serão disponibilizados no sistema online de inscrição pelo prazo máximo de 90 dias após o término do evento. Não serão enviados certificados por e-mail ou qualquer outra forma.
  • Não será permitida a alteração na ordem de cadastro de autores nem acréscimos de autores que não foram incluídos no momento da submissão.
  • É de responsabilidade do autor principal, cadastrar corretamente os dados de todos os autores, pois a emissão do certificado será feita de forma automática pelo sistema de inscrições. A comissão organizadora não se responsabiliza por erros na emissão dos certificados, decorrentes de falhas no cadastramento de dados.

Informações adicionais ou dúvidas poderão ser sanadas por e-mail cientifico@tribecaeventos.com.br ou telefone (51) 9 9702 15 11.

Submissão de trabalhos

REGRAS GERAIS DO XIII CBE - Congresso Brasileiro de Estomaterapia

Antes de realizar a sua inscrição, leia atentamente as regras do evento:

  1. Políticas de cancelamento / transferência e reembolso de inscrições:
    Nos casos de desistência, o inscrito deverá formalizar seu pedido por e-mail inscricoes@tribecaeventos.com.br, observando os seguintes critérios:

Até 30/11/2018 – será devolvido valor integral (descontadas taxas bancárias)

Até 30/06/2019 – será devolvido 80% do valor pago

Até 30/09/2019 – será devolvido 50% do valor pago

A partir de 01/10/2019 – NÃO haverá devolução do valor pago, independente de motivo, mesmo para inscrições realizadas após esta data.
O reembolso se dará 30 dias após a data de término do evento.
NÃO são reembolsados valores de inscrições pagas, para substituição por inscrição cortesia, cotas de patrocinadores ou qualquer outra forma de gratuidade.

Transferência de inscrição: só será permitida entre congressistas da mesma categoria até o dia 01 de outubro de 2019. A solicitação deve ser formalizada por e-mail: inscricoes@tribecaeventos.com.br.

Durante o evento, a credencial é intransferível e insubstituível e a qualquer momento poderá ser solicitado ao participante um documento de comprovação da identidade.

Inscrições por empenho: serão confirmadas somente após o envio da Nota de Empenho e os certificados serão liberados somente após a comprovação de pagamento da nota de empenho.

  1. Uso de imagens, vídeos e dados:

Ao participar do XIII CBE – Congresso Brasileiro de Estomaterapia, o participante dá aos promotores, organizadores e patrocinadores o direito de utilizar suas imagens, tomadas em fotografias e/ou vídeos e filmagens realizadas no pré-evento, durante e pós-evento. O CBE se reserva o direito de fazer registro de imagens em todas as atividades que compõe o evento.

As imagens podem ser utilizadas, a qualquer momento, em material promocional impresso ou digital, websites, mídias sociais e demais canais de divulgação do evento dos promotores, organizadores, patrocinadores e participantes.

 

O participante declara ciência de que ao se cadastrar no XIII CBE, será incluído automaticamente no banco de dados dos promotores, organizadores e patrocinadores e autoriza desde já o contato e  envio de correspondência física ou eletrônica, material promocional bem como informações sobre ações desenvolvidas pelos organizadores e seus parceiros.
 

  1. Programação

O XIII CBE se reserva ao direito de alterar, substituir ou cancelar, a qualquer momento, atividades ou palestrantes que já tenham sido divulgados, em caso de imprevistos ou necessidades.

  1. Pertences e objetos pessoais

É de responsabilidade do participante, manter seguros seus pertences e objetos pessoais. Os promotores e organizadores do XIII CBE, não se responsabilizam por extravios, perda ou roubo, ocorridos durante a realização do evento, no local e áreas adjacentes, local de hospedagem ou durante deslocamentos ao evento.

A organizadora do evento disponibilizará junto à secretaria do evento um setor de achados e perdidos, mas é de inteira responsabilidade de cada participante zelar por seus pertences.

 

 
 
     

VALORES E CATEGORIAS DE INSCRIÇÕES - VAGAS LIMITADAS

 

LOTE 4

LOTE 5

NO LOCAL

CATEGORIAS

30/04/2019 até 02/09/2019

03/09/2019 até 17/10/2019

LOCAL

Profissionais Sócio SOBEST

R$ 720,00

R$ 820,00

R$ 890,00

Profissionais TiSOBEST

R$ 550,00

R$ 610,00

R$ 690,00

Profissionais Não Sócios

R$ 920,00

R$ 1.050,00

R$ 1.150,00

Estudante* de graduação sócio

R$ 430,00

R$ 490,00

R$ 580,00

Estudante* de graduação não sócio

R$ 510,00

R$ 570,00

R$ 650,00

Estudante* de pos-graduação em Estomaterapia**

R$ 750,00

R$ 840,00

R$ 920,00

Estudantede pós-graduação em OUTRAS ÁREAS

R$ 790,00

R$ 870,00

R$ 950,00

*Todos os estudantes deverão apresentar comprovante de matrícula atual.
**Pós-graduação em curso de estomaterapia credenciado pela SOBEST

 

PACOTES DE INSCRIÇÕES*

Mínimo 10 inscrições: 10% de desconto no valor da categoria

Mínimo 20 inscrições: 20% de desconto no valor da categoria

Informações: inscricoes@tribecaeventos.com.br
*válido somente para pagamento com boleto  

Faça sua Inscrição / Já sou Inscrito

Ana Paula Gadanhoto

1.Formação Acadêmica

  • Graduação em Enfermagem pela PUC- Campinas, Ano 2000
  • Curso de Extensão em Transplante de Medula Óssea- INCA 20092019-  Tutora da Capacitação em Hipodermóclise para Enfermeiros do HC-UNICAMP Maio/ 2019

2018- Tutora do Treinamento de Boas Práticas em Acessos Venosos para Técnicos de Enfermagem Março a Set/2018

2018- Tutora no Curso de  Capacitação em Acesso Central de Inserção Periférica (PICC) HC-Unicamp Abril 2018

2017-  Palestrante no Curso de Acessos Vasculares ( HC-Unicamp)

4. Outras Informações

2018- Enfermeira Responsável Grupo de Cateteres e Terapia  Infusional (GCATI) HC-UNICAMP e pela elaboração de Protocolos Assistenciais na área de Acessos Vasculares para Enfermagem em parceria com a SEEC e CCIH.

2009-2017: Supervisora da Enfermaria de Transplante de Medula Óssea/ Hematologia e Oncologia do HC-Unicamp

 2016 / Atual: Enfermeira de Referência para Implantação do Cateter Central de Inserção Periférica no HC- UNICAMP




Clarice Maria Specht

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade do Vale do Itajaí (1995) e mestrado em MESTRADO EM SAÚDE E GESTÃO DO TRABALHO pela Universidade do Vale do Itajaí (2011). Especialista em Administração Hospitalar e em Formação Contemporânea para o ensino na Àrea da Saúde. Atualmente é Coordenadora da Unidade de Saúde Familiar e Comunitária - USFC da Universidade do Vale do Itajaí. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Ambulatório Médico de Especialidades, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, saúde pública, administração hospitalar, leishmaniose tegumentar americana, doenças inflamatórias intestinais, educação em saúde e biossegurança na saúde. Participante e articuladora dos Projetos de Extensão: curso de gestantes; Mãos de Vida - Câncer de Mama; Doenças Inflamatórias Intestinais. Professora titular da Disciplina de semiologia I do Curso de medicina da UNIVALI; professora da Disciplina de Medicina Familiar e Comunitária - Prática Clínica, do Curso de Medicina da UNIVALI. Professora das pós graduações de: Farmácia Clínica e Engenharia e Segurança do Trabalho - Universidade do Vale do Itajaí.




Dejanira Regagnin

Enfermeira Especialista em prevenção de Infecções Urinárias do Hospital Israelita Albert Einstein. Graduada em Enfermagem e mestrada em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade Federal de São Paulo.




Ednalda Maria Franck

Enfermeira Estomaterapeuta e Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Enfermagem da USP, Coordenadora Assistente do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso em Cuidados Paliativos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Coordenadora Adjunta do Curso de Pós-graduação em Enfermagem em Estomaterapia da UNITAU, Primeira Tesoureira da Diretoria Nacional da SOBEST - Gestão 2018-2020.




Edson Maruyama Diniz

Enfermeiro Estomaterapeuta.

Enfermeiro da Unidade de Assistência Domiciliar de Santo Amaro - UAD da Prefeitura Municipal de São Paulo.

Mestrando em Telessaúde - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Especialista em Gestão em Enfermagem, Enfermagem em Estomaterapia e Informática em Saúde.

Atual Secretário Adjunto da Associação Brasileira de Estomaterapia - Sobest. Gestão 2018 - 2020.




Eduarda Ribeiro

Enfermeira, graduada pela Faculdade Fundação Hermínio Ometto. Especialista em Enfermagem Cardiovascular pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Mestre e Doutora em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo. Docente da graduação em Enfermagem, graduação em Medicina, Mestrado Profissional e Coordenadora de Pós-Graduação da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. Advogada, formado em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU Membro da Diretoria do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo - COREN-SP, como Primeira Secretária, no triênio de 2018 a 2020.

Professional Member of the European Society of Cardiology




Elen Carolina dos Santos Vieira

Elen Carolina dos Santos Vieira                                                                                                         

Enfermeira graduada pela Universidade Paulista em 2012. Pós-graduação (em curso) em Terapia Nutricional pela Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata. Enfermeira no Hospital de Amor de Barretos da Especialidade de Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Professora convidada na Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata, membro da comissão de estomaterapia, enfermeira da Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional (EMTN) do Hospital de Amor, membro da Associação de Câncer de Boca e Garganta desde 2017, enfermeira orientadora do Coral Papo Furado (laringectomizados reabilitados).




Fabio Samsonowski Ulbrich

Formado em Medicina pela Universidade Federal do Paraná

Residência em Cirurgia Geral no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Residência em Cirurgia Oncológica no Hospital A.C.Camargo

Residência em Cirurgia de Cabeça e Pescoço no Hospital A.C.Camargo

Cirurgião Oncológico e Cirurgião de Cabeça e Pescoço  do Hospital Ministro Costa Cavalcanti Foz do Iguaçu e do CIOP




Gisela Assis

Enfermeira Estomaterapeuta TiSobest

Mestre em Tecnologia em Saúde

Doutoranda em Enfermagem pela Universidade de Brasília

Enfermeira do Ambulatório de Disfunções Miccionais no Hospital de Clínicas da UFPR.

Idealizadora do Projeto Fluir




Jaqueline Ribeiro de Barros

Enfermeira, doutoranda pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, Coordenadora de enfermagem do GEDIIB (Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil) e Membro N-ECCO (Nurse European Crohn´s and Colitis Organisation).




José Nilson Araujo Bezerra

Enfermeiro e Professor da Universidade do Estado do Amazonas - UEA. Doutor em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Amazonas. Especialista em Saúde da Família, Saúde Pública, Estomaterapia, Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa, Gestão da Clínica no SUS e Enfermagem Obstétrica. Bach Foundation Registered Practitioner pelo Bach Centre - England. Membro Titulado (TiSOBEST) da Associação Brasileira de Estomaterapia (SOBEST). Membro do World Council of Enterosthomal Therapist (WCET). Membro do Wound, Ostomy and Continence Nurses Society (WOCN). Coordenador do Curso de Estomaterapia: Estomias, Feridas e Incontinências e do Curso de Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa da Universidade do Estado do Amazonas. Desenvolveu o aplicativo Diabetic Foot

e atualmente é membro do grupo da pesquisa clínica com Fator de Crescimento Epidérmico para tratamento de pé diabético, de Manaus.




Juliana Lenzi

FISIOTERAPEUTA do Centro Clinico Campias e clínica Godoy - ginecologia,  Especialista em Oncologia e Saúde da Mulher. Mestre pelo programa de Clinica Medica UNICAMP.




Leila Blanes

Enfermeira Estomaterapeuta. Doutora em Ciências pela Unifesp. Vice coordenadora e orientadora do Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Gestão aplicadas a Regeneração Tecidual-Unifesp. Vice-diretora de enfermagem do Hospital São Paulo.




Maria do Livramento Saraiva Lucoveis

Fisioterapeuta e Enfermeira Estomaterapeuta capacitada em podiatria. Possui mestrado em Ciências da Saúde pela UNIFESP, docente nos cursos de Pós graduação de Estomaterapia. Representante Nacional e Membro Titular do D-Foot International representando o Brasil, representante de São Paulo no Grupo brasileiro de neuropatias e pé diabético - BRANSPEDI, membro do núcleo de pesquisa CUIDAR-TE vinculado ao CNPq. Atualmente é pesquisadora na Unifesp em parceria com a Fiocruz. Sócia proprietária da Stay Care São Paulo prestando atendimentos aos pacientes com Diabetes Mellitus com foco na prevenção, diagnóstico precoce, tratamento das complicações nas extremidades inferiores, cuidados podiátricos e monitoramento contínuo. Tratamento de feridas de múltiplas etiologias e assistência aos pacientes com estomias. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem em Pronto Socorro, Terapia Intensiva, Tratamento de feridas, Eletroterapia na reparação tecidual, Manejo do pé diabético, Podoposturologia, Estomaterapia e Docência




Maria Isabel Pedreira de Freitas

Professora Associada da Faculdade de Enfermagem da Unicamp.

Sócia fundadora da Sociedade Brasileira deNutricao Parenteral e Enteral -Braspen

Membro da Sociedade Brasilera de Enfermeiras de Centro Cirúrgico e Centro de Materiais

Ex Diretora da Faculdade de Enfermagem da Unicamp




Maria Magda Ferreira Gomes Balieiro

Profa Dra do Departamento de Enfermagem Pediátrica da Escola Paulista de Enfermagem - Unifesp. Coordenadora do Curso de Graduação em Enfermagem da Unifesp. Pesquisadora do Núcleo de Estudos da Criança, Adolescente e Família, nas temáticas de família, cuidado de enfermagem ao recém-nascido e estudos de validação.




Mariana Meszaros

Graduada em Bacharelado/Licenciatura em Enfermagem pelo Departamento de Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) no ano de 2011.Especialista em Acessos Vasculares e Terapia Infusional pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (2014), Estomaterapeuta pele Faculdade de Enfermagem da UNICAMP (2015), Título de Especialista em Terapia Intensiva ABENTI/AMIB (2018). Atualmente, Enfermeira Supervisora da Unidade de Terapia Intensiva Adulto do Hospital das Clínicas da UNICAMP e do Centro de Informações e Assistência Toxicológica (CIATox/Campinas/UNICAMP). Diretora e Responsável Técnico da clínica de estomaterapia Stay Care, unidade Campinas.




Mônica Antar Gamba

Graduação em Enfermagem (Universidade Federal de São Paulo), Habilitação em Saúde Pública, Especializações em Enfermagem do Trabalho (EPE), Administração e Serviços de Saúde Pública (FGV) e Enfermagem em Dermatologia (SOBENDE). Realizou aperfeiçoamento técnico no Programa de Prevenção e Controle do Diabetes Mellitus na Inglaterra, Mestrado em Epidemiologia (MEDPrev- UNIFESP) e Doutorado em Saúde Pública, área de concentração epidemiologia (FSP-USP). Atualmente é professora associada do Departamento de Enfermagem e Saúde Coletiva da EPE-UNIFESP. Tem experiência, foco de atuação e interesse pelas áreas de Saúde Coletiva, Epidemiologia, Saúde do Adulto, Cuidados com a Pele, Condições Crônicas e Doenças negligenciadas, voltados para a Dimensão Coletiva. Atua no Ensino, Assistência, Pesquisa e Coordenação do Núcleo de Pesquisa e Extensão Políticas Públicas - CUIDAR-TE, vinculado ao CNPq




Néria Invernizzi da Silveira

Enfª Estomaterapeuta – Ti SOBEST          

Mestre em Educação para Profissionais de Saúde 

Membro Titular da SOBEST  e WCET -  Associação Brasileira de Estomaterapia: Estomias, Feridas e Incontinência e World Council of Esterostomal therapists)       

Membro da Comissão Científica da Stay Care.
Coordenadora do Curso de Especialização de Enfermagem em Estomaterapia do Instituto Cleber Leite em Santo André. 




Pollyanna Santos Carneiro da Silva

Enfermeira encarregada da Unidade de Estomaterapia do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), secretária da diretoria nacional da Associação Brasileira de Estomaterapia: estomas, feridas e incontinências (SOBEST) - Gestão 2018 - 2020, professora convidada e supervisora de estágios de cursos de especialização de enfermagem em estomaterapia.

Pós graduada em estomaterapia pela UNITAU e pós graduanda em gestão da qualidade e segurança do paciente pelo SENAC.




Roseanne Montargil Rocha

Enfermeira estomaterapeuta TiSobest/Pos doutorado e doutorado em ciências a saúde/ mestrado em enfermagem/ docente plena da universidade Estadual de Santa Cruz-UESC/ docente do programa de pós graduação em enfermagem e saúde da UESB/ pesquisadora CNPQ/ coordenadora do núcleo de estomaterapia da uesc -NUET/ Coordenadora da liga académica de enfermagem em Estomaterapia.




Sônia Regina Perez Evangelista Dantas

Enfermeira Estomaterapeuta TiSOBEST, graduada pela Universidade Estadual de Campinas (1985), Mestre e Doutora em Clínica Médica, área de Ciências Básicas, pela

Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (2000 e 2005). Atua como Assessora Técnica do Curso de Especialização em Estomaterapia da

Faculdade de Enfermagem da Unicamp. Membro do Conselho Científico da Associação Brasileira de Estomaterapia (gestão 2018-2020). Membro do Comitê de Educação do

World Council of Enterostomal Therapists - WCET.





Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention - Foz do Iguaçu - PR

*Assine nossa newsletter e tenha as principais informações e novidades

Newsletter


Patrocínio Private





Patrocínio Unique




Patrocínio Class





Parceiros





Apoio


DADOS DO EVENTO:

27/OUT/2019 até 30/OUT/2019

Foz do Iguaçu - PR






Realização




Organização

Google Play Apple Store